>

Pão de mel recheado com doce de leite

19 de setembro de 2023

Eu sonho com este pão de mel recheado, mas não gosto da palavra “recheado”. Acho feia, meio suja, bagunçada, áspera, e não adianta reclamar porque tenho dessas coisas e ninguém me tira a implicância com ela e outras. Recheio, recheado, rechear. Urgh.

Ainda dizem que pizza tem recheio. Se recheio é por dentro, como pode ser que a pizza tenha recheio? Recheio tem calzone, sanduíche, bolacha, peru de Natal, e este pão de mel. Pizza tem… sei lá.

Pessoas têm recheio também.

Gosto mesmo é de gente com recheio de gente. Gente boa de conversar, de trocar maluquices, de ensinar coisas, de recomendar livro, de rir de idiotice, de “me explica”. Poucas coisas me dão mais preguiça do que gente sem graça, sem assunto, sem conversa. Coisas sem recheio são meio sem graça, né? Não tem nada mais triste do que pastel com pouco queijo ou alguém com pouco conteúdo.

Vamos ao pão de mel, recheado com doce de leite escuro e firme do jeito que eu gosto.

Vai dar trabalho sim, e não adianta reclamar comigo, porque quem quer pão de mel é você. O meu eu já fiz! Fazer o bolinho é fácil, cortar no meio é fácil, rechear é fácil, gelar bem, cortar… e daí tem a parte de banhar no chocolate, que não é tão fácil mas você pode enxergar como uma oportunidade de melhorar sua técnica de temperagem de chocolate e também de se forçar a limpar a cozinha de cima a baixo, porque chocolate faz bagunça e a gente sabe.

Coragem. Vale a pena e eles são uma ótima lembrancinha ou presente. E eu prometo não te julgar se você decidir usar cobertura fracionada sabor chocolate pra cobrir.

(Sim, este é o pão de mel que vendia na Caramelodrama!)

Utensílios Recomendados

pão de mel receita Chef Carolina Garofani da caramelodrama

Pão de mel recheado com doce de leite

receita do pão de mel fechado de doce de leite da Chef Carolina Garofani da Caramelodrama

Equipment

  • 1 forma quadrada de 20cm

Ingredients
  

  • 150 g leite integral
  • 3 g canela em pó 1/2 colher de chá
  • 3 g cravo em pó 1/2 colher de chá
  • 3 g sal refinado 1/2 colher de chá
  • 120 g mel
  • 75 g óleo vegetal qualquer um
  • 150 g ovos inteiros 3 ovos grandes
  • 260 g farinha de trigo
  • 100 g açúcar mascavo
  • 100 g açúcar refinado
  • 5 g bicarbonato de sódio 1 colher de chá
  • 5 g fermento químico 1 colher de chá
  • 400 g doce de leite firme
  • 500 g chocolate meio amargo ou cobertura picados para banhar

Instructions
 

  • Pré-aqueça o forno a 180ºC.
  • Unte a forma e forre com papel manteiga – se for de fundo removível basta untar.
  • Ponha o leite, canela, cravo, sal e mel juntos em uma panela e aqueça até quase ferver. Desligue e deixe esfriar por 10 minutos.
  • Em uma vasilha peneire juntos a farinha, açúcares, bicarbonato e fermento químico.
  • Misture o óleo e os ovos no leite com mel morno e misture até ficar homogêneo.
  • Adicione a mistura líquida aos secos e mexa bem até não sobrar grumos.
  • Despeje a massa na forma e asse por 35 min ou até ficar firme no meio.
  • Espere 5 minutos e vire a forma sobre um papel untado ou tapete de silicone. Deixe esfriar bem e retire o papel do forro, se tiver.
  • Corte o pão de mel pela metade na horizontal e espalhe o recheio. Embrulhe e ponha no freezer por 2 horas para facilitar na hora de cortar
  • Usando uma faca comprida de lâmina lisa corte cubos do mesmo tamanho (eu gosto de 5cm mas pode ser maior ou menor) e separe.
  • PARA COBRIR
  • Se for usar cobertura sabor chocolate: basta picar e derreter com cuidado em uma vasilha no microondas ou em uma panela em banho maria.
  • Se for usar chocolate: siga as instruções do post linkado abaixo. Temperagem é bastante técnica e se você tem pouca experiência melhor usar cobertura!
  • Usando um garfo mergulhe cada pão de mel no chocolate, deixe escorrer bem e apoie delicadamente sobre uma folha de papel manteiga ou silpat. Verifique com cuidado se não sobraram buracos ou furos – é assim que pão de mel mofa!
  • Depois de bem secos ponha em saquinhos bem fechados ou potes herméticos – duram até 15 dias fora da geladeira.

Como temperar chocolate

Primeiro de tudo: ou é chocolate ou não é. “Chocolate nobre” é um termo de marketing criado para tentar diferenciar das coberturas sabor chocolate – que não são chocolate. Na embalagem sempre vai estar escrito o que é, bem na frente, abaixo da marca: CHOCOLATE ou COBERTURA FRACIONADA SABOR CHOCOLATE.

Reparou no “sabor chocolate”? É porque não é chocolate.

A cobertura sabor chocolate não precisa de temperagem porque não contém manteiga de cacau – apenas gorduras mais baratas que não precisam passar pelo processo de cristalização que a manteiga de cacau exige. A cobertura é mais fácil de trabalhar sim, mas deixa a boca gordurosa e é muito menos saborosa do que o chocolate de verdade.

Se você gosta de trabalhar com chocolataria eu recomendo aprender a temperar o chocolate, o salto de qualidade nos produtos é muito grande!

Este post diretamente da Barry Callebaut pode te ajudar:

https://www.barry-callebaut.com/pt-BR/artesaos/sicao/como-temperar-o-chocolate


Duram 15 dias bem embrulhadinhos – tempo suficiente pra dar de presente, vender tudo ou comer um por um tirando a casquinha com os dedos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recipe Rating




Close
©2023 Caramelodrama • Carolina Garofani. Todos os direitos reservados
Close