>

Quadradinhos Coloridos na Caixa de Leite

17 de agosto de 2022
quadradinhos leite reciclado caixa de

É verdade que aqueles quadradinhos no fundo da caixa de leite longa vida querem dizer que o leite foi reprocessado e reembalado? Isso é FATO ou #FAKE? E os números embaixo?

É FAKE, gente.

Não te convenci, né? Então vem cá que eu vou explicar:

Esse boato já circula na internet há muito anos, e muitos grupos de WhatsApp continuam circulando esta informação como se fosse verdade. Inclusive alguns vídeos no YouTube que falavam disso foram removidos e suas contas banidas do site por espalhar informação falsa e que pode enganar as pessoas.

FAKE NEWS sobre leite reciclado
É #FAKE!!!

Esta é uma cópia da mensagem que circula, retirada do site do curso de Farmácia da UFRJ:

Vejam que o texto diz “fiquei sabendo por fontes seguras”. Que fontes seguras? Quem são?
“Isso pode acontecer até cinco vezes”: por que cinco vezes? Se o leite pode ser reprocessado o que limitaria a quantidade de vezes?
“Essas informações são de uma pessoa que já trabalhou na indústria alimentícia” – que pessoa? Trabalhou aonde? Era engenheiro de alimentos? Era um funcionário da limpeza? Era alguém que entregava leite? Era um inspetor de processos? Que conhecimento essa pessoa possui, que tipo de processo ela acompanhou, que provas ela tem desse processo?

Mas o que são os números então?

Os números embaixo de caixas de leite existem em qualquer outro produto manufaturado, no Brasil e no mundo – são apenas o número do lote de produção. Até nota de dinheiro tem esses números!

Estes dois produtos estão na minha despensa. Embaixo tem o lote de produção, o horário, e a validade!

lata de azeitona com lote no fundo

Mas e os QUADRADINHOS COLORIDOS?

Os quadradinhos coloridos são apenas prova de cor da gráfica – são as cores de tinta que tem naquela embalagem para imprimir o rótulo, e serve para a gráfica testar que a impressora está funcionando direito e que as embalagens não estão saindo com cores levemente diferentes. Isso é super comum, e acontece em qualquer tipo de embalagem impressa – a diferença é que em algumas a gente não vê os quadradinhos porque são cortados fora ou ficam por dentro da dobra.

Mas por que algumas embalagens têm quadradinhos e outras não?

É porque a folha onde são impressas as caixas é bem grande – várias caixas são impressas na mesma folha. Algumas caixas ficam mais perto da borda – onde tem os quadradinhos – e outras ficam no meio, onde não tem. É só isso. Não sem segredo, nem mágica.

Imagem da fábrica da Tetrapak. Olha o tamanho do rolo de papel!

Aqui tem um vídeo legal explicando isso:

É só isso. É apenas a produção da caixa e o número do lote.

Se isso ainda não te convenceu, vamos pensar no seguinte: qualquer produto fabricado é mais caro do que um produto natural. Claro que existem exceções, como as frutas caríssimas do Japão, mas um litro de leite é muito mais barato do que a caixa em que ele vem.

Uma caixa longa vida possui diversas camadas de papel, além de revestimentos plásticos, de alumínio e também a impressão, o processo de montagem, cola, fechamento, a caixa de papelão onde se embalam 12 caixas, e assim por diante. É um produto muito mais caro do que um litro de leite.

Economicamente não faria sentido para um laticínio recolher o leite vencido, abrir caixa por caixa, colocar em um tanque e reprocessar – isso seria um processo muito mais caro do que custa o leite em si – além de ter que usar uma caixa novinha em folha. A conta não fecha!


Mas o que acontece com o leite vencido?

O leite UHT, que vem em caixas longa-vida, se chama longa vida justamente porque ele dura muito tempo dentro da caixa – dependendo do estabilizante que leva chega a durar um ano inteirinho. A possibilidade desse leite vencer na prateleira é muito pequena, já que o leite é muito consumido no Brasil. Se alguma caixa vence e tem que ser jogada fora são muito poucas, muitas mesmo, e normalmente isso é responsabilidade do mercado que comprou leite demais – e o fabricante não tem nada a ver com isso.

Além do reprocessamento do leite ser absolutamente proibido no Brasil, seria economicamente inviável – caro demais! – e requereria uma nova cadeia de processamento para recolher, abrir, reprocessar e transportar novamente – que custaria muito mais do que um simples litro de leite.

É mais barato pra todo mundo simplesmente jogar fora – no ralo, mesmo. E isso deveria ser responsabilidade do mercado. Na prática o que provavelmente acontece é o mercado vender por preço mais baixo os produtos que estão próximos do vencimento, ou doar pra funcionários ou para alguma instituição.

Ou seja, todo esse boato não faz sentido.

É #fakenews!

Por favor, vamos parar de circular estes boatos? Não ajudam em nada e ainda tem gente que fica no mercado escolhendo caixa de leite por causa de quadradinho e número.

Isso já foi analisado e desmentido dezenas de vezes por muitos órgãos, investigações e até pelo IDEC – Instituto de Defesa do Consumidor.


Quer mais? Aqui tem referências extra:

Artigo no site do IDEC – Instituto de Defesa do Consumidor

Artigo no G1 de 2018

Artigo na Revista Saúde


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
©2023 Caramelodrama • Carolina Garofani. Todos os direitos reservados
Close