>

Biblioteca Básica de Gastronomia – Parte 1

23 de janeiro de 2023

Você é como eu que coleciona livros por esporte e por amor? Então vem que eu vou te ajudar a montar uma coleção de livros de gastronomia com 10 títulos que eu acho que tem-que-ter.

O primeiro deles é o meu, claro! Eu escrevi um livro sobre sopas! Está disponível em formato e-book para Kindle e todos os aparelhos, e também nas lojas da Apple Books e Kobo.

Eu tenho mais livros do que preciso, definitivamente. Desde criança eu por sorte tive acesso a muito material de leitura, e minha mãe me chamava de “Crocodilo”, porque eu não só lia os livros, eu os devorava. Isso nunca mudou. Eu ainda leio muito, é uma das coisas que mais gosto de fazer, é meu hiperfoco, é como desaparecer do mundo por algumas horas. Ler me afunda numa bolha silenciosa. Pode acontecer uma guerra lá fora e eu nem vou perceber – outra coisa que minha mãe dizia ao me ver lendo com meus três irmãos correndo e gritando e jogando coisas uns nos outros à minha volta.

Nos últimos anos acabei decidindo parar de acumular livros, principalmente os de literatura – primeiro porque acumulam poeira (e eu tenho rinite alérgica), segundo porque eu não tinha mais espaço e teria que doar alguns, e terceiro porque comecei a ler quase que exclusivamente livros digitais. Não é a mesma coisa, obviamente, mas ficou muito conveniente porque levando meu tablet os meus livros vão todos comigo, e esse foi o maior argumento interno. Eu gosto de reler livros. Eu os revisito como velhos amigos, alguns deles já li mais de cinco vezes, alguns mais de dez, talvez. Não costumo contar. Demoro alguns anos, vejo o livro ali, me dá saudades e leio outra vez. A vantagem do tablet é que não preciso ficar com a luz acesa pra ler – deu sono? Só largar e nem precisa esticar o braço pra apagar a luz.

Agora, livros de gastronomia? Essa categoria eu perdoei. Ainda são os únicos livros que compro em papel, porque gosto de abrir, folhear, anotar coisas nas bordas – único tipo de livro que me permito “desrespeitar” – consultar, colocar marcadores, ir e voltar. O livro de receitas transcende gerações, cozinheiros, famílias, hábitos e níveis de conhecimento.

Eu tenho os cadernos de receitas da minha avó materna, Genoveva, que foi exímia cozinheira caseira mas tinha sido auxiliar de confeitaria antes de se casar com o meu avô, mas também tenho um livro de bolos decorados que passei horas na cozinha dela namorando.

Quando casei, minha mãe me deu uma edição novinha do celebrado compêndio de receitas brasileiras, o Dona Benta: Comer Bem, que tem até uma lista de equipamentos e utensílios básicos para montar uma cozinha nova. O casamento acabou, o livro continua, amado e respeitado, aqui na minha estante com seus tantos companheiros coloridos e rabiscados. Os novos ainda são bem-vindos, e sempre vou dar um jeitinho de arrumar espaço.

Tá bom, eu sei, tô falando um monte de coisas mas o que queremos aqui é indicações de livros, não é mesmo? Vamos lá. Selecionei DEZ das preciosidades da minha biblioteca pra quem quer começar (ou aumentar) sua coleção.

Basta clicar no título do livro ou na imagem dele para ir a um link de compra. Adquirindo seus livros por este link eu ganho uma comissão pequena e você ajuda a manter meu trabalho! 😊

Tem a Parte 2 também!

Biblioteca Básica de Gastronomia – Parte 1

1. Comida e Cozinha: Ciência e Cultura da Culinária

Harold McGee – WMF Martins Fontes

Eu não canso de dizer que não importa seu interesse na culinária, este livro tem que ter. É livro de consulta, não de ler de capa a capa – mas se quiser pode. Eu tenho três cópias dele, uma em inglês toda estropiada já, uma em português e uma digital, de tanto que uso e preciso. A resposta para boa parte das perguntas de alguém que cozinha está nele – desde o motivo de suas claras em neve desandarem até como o cozimento das carnes funciona, com dicas, métodos e explicações em linguagem simples e amigável. Se for pra começar por algum lugar comece por aqui.
ISBN-13 978-8578278328


2. Sal, Gordura, Ácido, Calor

Samin Nosrat – Editora Companhia de Mesa
(Tradução da eterna Nina Horta, o que o deixa ainda mais especial)

Eu falo MUITO deste livro.
Ele se chama SAL GORDURA ÁCIDO E CALOR, da Samin Nosrat, e inclusive tem uma mini série de 4 capítulos na Netflix ilustrando o que está aqui dentro: um apanhado geral sobre ingredientes e como tirar o melhor deles com consciência e respeito, e levando em consideração estes quatro elementos.
Tem como fazer maionese, cozinhar ovos, limpar peixe, 13 maneiras de fazer frango, dicas preciosas de saladas…
O livro além de rico e detalhado é LINDO, dá gosto de explorar e ler.
Um clássico instantâneo.
ISBN-13 978-8592754143


3. História da Alimentação no Brasil

Luís da Câmara Cascudo, Global Editora

É grande? É. Ainda não terminei de ler, porque leio uns dois capítulos, volto, leio mais. Fundamental pra entender como se formou a cultura culinária brasileira, as influências, desenvolvimentos e misturas que fizeram da nossa comida um caldeirão tão saboroso e diferentão.
Inclusive tem uma série documental de 13 episódios baseada no livro. Está disponível no Prime Video.
ISBN-13 978-8526015838


4. Cozinha Confidencial

Anthony Bourdain, Editora Companhia de Mesa

Leitura obrigatória para quem quer trabalhar com cozinha. As informações estão meio desatualizadas, e o livro é bem centrado na cultura americana, mas o estilo de escrita do querido e saudoso Tony é de suspirar. Você se sente dentro de um filme.
ISBN-13 978-8592754037


5. O Dilema do Onívoro

Michael Pollan – Editora Intrínseca
Jornalista, Michael se fez uma das perguntas mais complicadas dos nossos tempos: qual é o custo de cada refeição que fazemos? Em um experimento longo e dolorido ele cria uma refeição do zero – e demora mais de um ano. Um livro pra fazer pensar. Gosto muito.
ISBN-13 978-8598078199


6. Pão Nosso

Luiz Américo Camargo – Editora SENAC São Paulo

Pão brasileiro do bão, de um dos pioneiros da revolução da fermentação natural no Brasil. Se você gosta de fazer pão em casa ou quer começar e precisa de uma orientação segura este é um ótimo lugar pra começar. Viva o pão!
ISBN-13


7. Dona Benta: Comer Bem

Editora Nacional

Este é um que todo mundo deveria ter em casa. Mesmo! Tem de tudo – que utensílios comprar, como montar uma cozinha, como destrinchar um frango, como picar e processar legumes, e centenas de receitas super conhecidas da tradição brasileira. Um clássico. Tem que ter!
ISBN-13 978-8504006988


8. A Química dos Bolos

Joyce Galvão – Editora Companhia de Mesa

Alô meu povo da confeitaria! Seus bolos estão meio estranhos, meio murchos, meio tristes? A Joyce te ajuda, explicando exatamente como funcionam as massas de bolo, com um monte de receitas deliciosas. Serve inclusive pra quem nunca fez um bolo na vida e quer começar!
ISBN-13 978-8592754075


9. Cozinha Prática

Rita Lobo – Editora SENAC São Paulo

Dá pra chamar Rita Lobo de Santa Rita já? Há duas décadas ensinando o brasileiro a cozinhar tim-tim por tim-tim, desde arroz até pratos elaborados, entendendo as limitações geográficas e socioeconômicas, com empatia e técnica impecável. Os livros dela são um passeio saboroso pela nossa cozinha!
ISBN-13 978-8539605378


10. Fermentação à Brasileira: Explore o universo dos fermentados com receitas e ingredientes nacionais

Fernando Goldenstein Carvalhaes – Editora Melhoramentos

Tem muita coisa deliciosa que dá pra fazer em casa sem depender de produtos ultraprocessados cheios de conservantes. Alimentos fermentados são feitos pelo ser humano há dezenas de milhares de anos e fazem bem para o corpo, a alma e o coração!
ISBN-13 978-8506087060


Não perca a PARTE 2!

Join the Conversation

  1. Adorei as sugestões e tenho mais algumas que creio, podem enriquecer bastante aqueles que procuram conhecimento:
    O Que Einstein Disse Ao Seu Cozinheiro, volumes 1 e 2 de Robert L. Wolke
    Cozinha Geek de Jeff Poter

    1. Boas sugestões para a parte 2! 😊

  2. Mariana Baldy says:

    Boa tarde!
    Você poderia indicar um livro que fale sobre a base da confeitaria? Gostaria de algo que falasse de proporções e técnicas importantes, como por exemplo, a proporção de farinha ou amido de milho na confecção de cremes, de gordura na confecção de ganaches, de líquidos e espessantes na confecção de gelatinas e geléias. Uma base mesmo. O que você sugere?
    Gosto muito das suas publicações. Desejo muito sucesso à você e agradeço a atenção!

    1. Oi Mariana! O compêndio onde você vai achar TUDO isso é o Comida e Cozinha do Harold McGee, mas nao é específico pra confeitaria. Um outro bom é o Espessantes na Confeitaria da Sandra Canella-Rawls, os dois estão na lista! 😊

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
©2023 Caramelodrama • Carolina Garofani. Todos os direitos reservados
Close